22.3.17

A sério?!

Começa a Primavera e dá-lhe para chover granizo todos os dias...
Assim não há direito!

15.3.17

Família perfeita

Foi ver o primeiro episódio e fiquei conquistada! 
Já lambi a série toda (disponível) e anseio pela nova temporada. Muito real, abana com o espírito e faz-nos querer lutar por ter rotinas com a nossa família perfeita. Porque a família perfeita é sempre a nossa, com todos aqueles defeitos a que estamos habituados.

10.3.17

Felicidade é isto

olhar para o marido que escolhemos e ter a certeza que fizemos a escolha certa.

9.3.17

ajuda precisa-se

então, entrevada em casa até Agosto, com uma gravidez de alto risco é muito giro. Pelo menos no início. Deitada, ter de pedir para nos fazerem o comer, estender a roupa, passar a roupa, ter desculpa para nos levantarmos o mínimo possível.
Ao fim de 3 dias e já é insuportável.
Necessito de livros, muitos livros! E séries, e livros de mandalas para pintar, e comida saudável em casa, e paciência senhores, muita paciência!

24.2.17

In love (again!)

One Watch Company - Noble

Ainda não mora cá em casa, mas bem que podia. Bem que podia...

21.2.17

Coisas estranhas de sermos adultos

Num dia de sol, o primeiro pensamento vai para "Hum, ótimo dia para pôr roupa a lavar!"


12.2.17

A melhor invenção a seguir ao chocolate

Lavandarias self-service. Uso-as aos montes, apesar de ser apenas para as máquinas de secar, mas todos os fim-de-semana lá está o marido a marcar presença com dois cestos de roupa em doses industriais para secar. E dá um jeitão, já que mais de metade da roupa sai de lá seca e praticamente passada a ferro. Só benefícios, portanto!

11.2.17

Quem?+

Qual é a mãe que consegue dormir com a desgraçada da cria no quarto ao lado a tossir como se não houvesse um futuro?
Fica esta alma sempre à espera que a próxima tussidela seja menos dolorosa (para mim, claro, que ela dorme descansada).

23.1.17

Conversas de creche #2

Parece que a pequena E. é a alta-responsável por levar o saco das fraldas dos amiguinhos para o caixote do lixo (que fica fora da sala).
Primeiro porque já não usa fraldas, depois porque é a mais velha da sala e depois porque é muito despachada.

A Educadora diz que lhe diz sempre "não te esqueças de dizer "por favor" e "obrigada", mas parece que a miúda é tão desenrascada que entra e sai da sala, coloca o lixo no caixote dizia "obrigada" ao caixote do lixo, já que não precisa de ninguém intermédio para a transação.
A coisa tornou-se repetitiva, pelo que ela já nem abre a boca, faz o serviço e pronto.
Vai daí, a educadora no outro dia seguiu-a e viu toda a cena. Ele entra na sala muda e sai calada.
Encontraram-se no corredor e ela pergunta: "então não se diz nada?"
Pequena E, sobressaltada: "Por favor e obrigada!"

22.1.17

Dona de casa desesperada

Apercebo-me que à minha volta todos falam na dona-de-casa que têm. Ou isso ou uma mãe se,mpre presente para passar a roupa a ferro.
Serei a única ama que não tem empregada?
A sério que me dava um jeitaço!
Entre consultas até tarde, ter de lidar com a miuda que me ocupa imenso tempo, fins-de-semana e algumas noites de voluntariado, um homem que só está comigo 3horas (a correr bem!)... acumulam-se tarefas que têm de ser feitas aos poucos cá por casa: a roupa cresce até eu perder uma tarde de um qualquer fim-de-semana, o jantar que é sempre feito a correr (porque odeio estar na cozinha e porque tenho sempre pressa), lavar roupa e arrumar roupa, ...

Mas depois penso em alguém a vaguear-me pela casa, que não me pertence, e perco a vontade de pensar em pedir a alguém para tentar organizar o pouco de vida útil que tenho.

20.1.17

Dentes. ... o pânico!


Eu que pensava ter um corta-palha dos bons, vi-me agora confrontada com o facto de que, afinal..., não é bem assim.
Afinal há a possibilidade de vir a ter os dentinhos todos a abanar daqui a 10 anos (a imagem mental é péssima, acreditem) e o sr dentista que me atendeu "ensinou-me" a lavar os dentes de maneira a prevenir  que a situação seja pior. Parecia uma aula de educação moral, com todos os cuidados e voz monocórdica. mas o medo de ficar bidente (piadinha óbvia) que ouvi com imaculado atenção.
Agora demoro 10 minutos a lavar dentes. 
Não me bastava já demorar quase 1 hora a despachar-me (entre miúda e eu, eu e miúda), agora isto.

Um pouco ausente...

... mas com novidades.
Foi uma espécie de período celibatário (ou não), uma espécie de deixar a coisa assentar até se voltar a escrever sobre isso.
Lembram-se deste post?
Pois é, não durou até ao Natal de 2017, mas já tenho de comprar um novo. Ideias sobre a melhor marca e mais cheirosa (que este só pelo cheiro não valia o dinheiro)?

8.1.17

A.c.a.b.o.u.

Finalmente.
O meu curso de terapia manual, no norte acabou.
Foram poucas as viagens (mês e tal em mês e tal) mas já ansiava pela data em que tudo acabava. Porque precisava dos fins-de-semana mais previsíveis, e de dar mais tempo meu à minha catraia.
Consegui acabar este "objectivo" que andava a alimentar há uns anos (desde que acabei o curso, basicamente).

Iupiiii para mim!

20.12.16

Conversas de creche #1

Meia volta dada as educadoras vêm contar conversas da pequena E. que lhes surpreende. E acho que isto quase dá para abrir uma rubrica aqui no palheiro, de tais as coisas que a piquena E anda por aí a dizer.

A fedelha de 2 anos e trocópasso (relembre-se!) no outro dia encontrou a sua pequena C a chorar pois queria o pai.
Educadora - C, não chores, o papá está a fazer pão! (o pai é padeiro)
Pequena E. - C, não chores. O teu pai está a fazer pão. O meu pai e a minha mãe estão a fazer o Amor!

A minha cara, quando a educadora conta este "pequeno" episódio deve ter sido digna de registo (tal como a conversa!

2.12.16

Melhor época do ano

Já chegou!!! Tudo é estrelas e brilhos e árvores de Natal e unicórnios e...
não? ok, tenho de pensar em conseguir dormir mais...

20.11.16

Melhor programa de sempre!

House Rules, na Sic Mulher. Posso não conseguir acabar de ver o episódio (começa às 21:40, já não são propriamente horas para uma mulher com filhos estar acordada), mas adoroooooo ver!
Melhor que os reality shows portugueses que só mostram o quão degradante está a nossa sociedade.


29.10.16


13.10.16

Hoje calcei botas

O Inverno fica assim inaugurado.
Ora então, até Maio, sim?! Vou só ali hibernar e já venho...

12.10.16

Sapatos que vieram completar o meu guarda-roupa

São tãaaaooooo lindos!

5.10.16

Espera, espera, ahahahahahhahahahah

http://apipocamaisdoce.sapo.pt/2016/10/e-o-chamado-vestido-de-noiva-glorioso.html#more

Como eu previa...

- Mãe, hoje o ximão puxou os meus cebeios!
- Foi? E depois?
- Depois eu puxei os deie.
- Oh, isso não se faz. Ficaram de castigo?
- Não, xó o ximão!

A minha filha a ganhar pontos...

24.9.16

É azar ou não?!

E o azar que tenho de cada vez que como amêijoa me calhar sempre (mas L.I.T.E.R.A.L.M.E.N.T.E sempre) pelo menos uma com areia.
É impressionante

20.9.16

Neste tempo de modernices

tenho pena de já não se usar quadros de ponto-de-cruz em casa. Porque é cá um hobbie relaxante...
Ou isso ou transcrever vídeos das formações para papel.
Continuo a preferir o ponto-de-cruz.

15.9.16

Lembro-me do dia em que te vi pela última vez.
Da raiva que me deste.
Do amor que senti.
Dos teus olhos, do cabelo, de cada ruga e imperfeição tua.
Imperfeições que eram perfeitas.
Lembro-me do dia em que te vi pela última vez.
E senti-te saudade.


12.9.16

Finalmente chegou (2ª parte)

Como eu previa.
A educadora lá relatou o dia da cachopa e não se inibiu de anunciar o melhor episódio de sempre (ah, mas muitos virão...):

A E. acordou da sua sesta, chegou à casa-de-banho e vendo as sanitas todas ocupadas não foi de modos e levantou o dedo indicador: "Não há sanita para a E.! Primeiro eu!"

Ah este feitio a cheirar a mãe.....

Finalmente chegou

... o primeiro dia de escola da piquena E.
A catraia lá foi, mandando um sonoro "Até logo, mãaaeee".

Está crescidinha a piquena, lá se acabou a era da ama, do ambiente caseiro, da sala com 3 garotos.
Agora é tudo à molhada e salve-se quem puder (provavelmente é ela que se safa, com o mau feito que tem). Snif, a garota tá feita uma mulher.

6.9.16

O fogo aqui tão perto (Leiria) e eu sem poder sair do quartel. Errrggghhhh

5.9.16

Coisas a fazer

Sentar-me na varanda mais vezes com o marido, de copo e garrafa de vinho na mão,  sentir e aproveitar a noite quente de verão.

Início da temporada

Com o ginásio fechado o mês INTEIRO! de AGosto, hoje foi dia de (re)começar a saga-firmeza-nos-glúteos. Ia morrendo, só naquela. Uma pessoa pensa que não tem abdominais e glúteos e vai na volta começam a doer como se não houvesse amanhã. TRX hoje. Spotbox quinta.

4.9.16


E nunca mais começa a nova temporada.... urrrrgggg