31.12.08

Feliz Ano 2009

29.12.08

Cartas...

Gosto que lancem as cartas todas na mesa.
Gosto de tudo preto no branco.
Gosto de certezas e fujo das incertezas. (O típico - e perdoem-me os mais sensíveis - ou fodes ou sais de cima)
Não tenho medo de desafios e prefiro enfrentá-los.

Neste momento tenho como certo algo incerto em mim. O meu sexto sentido nunca me falhou. Sei que algo está errado, algo não bate certo, não corre bem. Só me falta que mo digam na cara.
Algo está para me chegar. E vai chegar. Se precisarem de coragem sou a primeira a dá-la. Mas que chegue rápido que não tenho estômago para este mau estar interior, esta torção do pâncreas. E sei que não sou eu.

E é bom que quem tiver algo a dizer se resolva rápido que não me apetece entrar no ano novo assim, com um feeling (ou whatever that means)...

28.12.08

Não me preocupo com as calorias entre o Natal e o Ano Novo

Sim, porque lidar com as sobras de: semi-frio de morango, semi-frio de chocolate e avelãs, mousse de chocolate, gelatina de morango, baba de camelo, bolo de amêndoa, bolo pudim, laços, bolo rei, sonhos.... não é fácil...

Preocupo-me (depois) é com as calorias do Ano Novo ao Natal....

25.12.08

Querido Pai Natal:

Shame on You:
Não sei o que é que andaste a fazer o ano inteiro, que nem me conseguiste trazer isto:
Nem isto:E muito menos isto:
E as únicas gravatas a aparecer cá em casa nem sequer eram o único traje a acompanhar essas personagens (como te tinha pedido). Foram todas oferecidas ao meu pai.

Não percebo... Realmente há empregos muita bons... Compreendo que o fluxo de trabalho nesta época seja crescente, mas tiveste um ano inteiro para os preparativos!
Se para o ano não trabalhares afincadamente para me proporcionares as prendinhas que te pedi, vamos ter chatisses. Vamos, vamos. Ainda vou denegrir a tua imagem. Pior! Vou escrever uma cartinha à CocaCola referindo o teu trabalho desleixado com os demais crentes da tua personagem para ver se te cortam no salário. Isto assim não pode continuar!

A compensação do serviço não prestado ficará ao critério de V. Exª, pelo que fico desde já a aguardar o respectivo serviço.

Com os meus melhores Cumprimentos

Quase Eu

22.12.08

Devia ser considerada uma Lei da Física


"A verdade vem sempre ao de cima!"

Bacoradas # 11

PP: Como é que se diz? Cunhada?
IO: O quê?
PP: Tipo o irmão dela coisou com outra...
(se não for cunhada é a amante, querida)

LS: Doía-me para caraças, mas nem Senti!
(Já deve ser muito Voltaren a correr nessas veias...)

Um aluno numa aula de INGLÊS
- Professora como é que se diz internet em inglês?
(pensa lá bem na origem da palavra...)

Não é uma bacorada, mas sim uma saída muito (in)feliz de um colega:

Durante um tratamento, o miúdo diz: Epah, dói-me...
O massagista responde: Olha, sabes o que é que me dói? Olhar para a tua cara!!!

20.12.08

Happy Christmas




Com a casa toda enfeitadinha, lareira acesa e um odor a chá quentinho só preciso mesmo é de tempo para passar em casa... E enraizar o espírito natalício!!!

18.12.08

Mamma mia

Parece que o meu amigão voltou da Eslováquia, do seu Erasmus. Parece que vai ficar cá o Natal e o Ano Novo. Parece que vamos ter tempo para tomar café durante horas.

Realmente um amigo é tudo. Já tenho saudades de perder horas a tomar café, a falar e desabafar com ele, falar com a alma, com confiança, sem ter que pensar duas vezes no que vou dizer. Esperar sempre uma palavra amiga, de concordância ou de crítica mas sempre sem repreensão e sempre com um bom conselho atrás.
Falar no que se pensa, falar no que se sente, falar no que se quer e no que não se quer, falar porque sim! Porque não há melhor companhia que tu!
Adoro-te amigo!

16.12.08

Em tom de desespero...

Existirá alguma mezinha verdadeiramente eficaz a PREVENIR constipações, amigdalites, faringites entre outras que ainda posso apanhar??
É que é já a terceira vez este outono que quase me apanho na cama. Para ter uma ideia do desespero: sábado acabei de tomar antibiótico mas não satisfeita, desde segunda que estou com amigdalite.

Mezinhas, chás, actimel´s, pós de per-lim-pim-pim ou outros... Algum é verdadeiramente eficaz????? É que o Inverno ainda não chegou, mas pelo andar da carruagem sou capaz de apanhar mais umas quantas para colecção, ou, quiçá, para bater algum tipo de record que ainda não sei que existe.

Ass: quase Eu realmente muito desesperada.

14.12.08

Letras que encaixam neste momento # 7

"Me and Mrs. Jones
We got a thing going on
We both know that it's wrong,
But it's much too strong to let it go now.

We meet every day at the same cafe
Six-thirty and no one knows she'll be there
Holding hands, making all kinds of plans
While the juke box plays our favorite songs"

(Me and Mrs Jones, Michael Bublé)

I´m sooo in Love...

...that (for now on) I´m my worse enemy!

11.12.08

Que seja um bom augúrio!

Hoje calhou-me o Cristiano Ronaldo no Chocapic!
Espero que seja bom augúrio.. É que já lá vai o tempo de que a aranha pequenina era sinal de dinheiro e a formiga-de-asas era sinal de calor... Os tempos são outros companheiros, estamos na altura de inovar. E parecia-me bem que o CR fosse sinal de qualquer-coisa-que-não-me-fizesse-querer-ir-cortar-os-pulsos.
(podia ter sido outro jogador qualquer, mas já que foi este que me calhou...)

8.12.08

Sempre ouvi dizer

Falem. Mal ou bem mas falem.
É sinal que a minha existência vos faz comichão. Tanto que a vossa inveja faz a minha fama.

6.12.08

X-tmas Desire

Cuido que há alturas em que levo cada tiro que mais parecem três...


Ou sou eu que levo as coisas levianamente ou demasiadamente a sério. Não consigo dosear bem a coisa.

Lá ando eu a cair no melodramático again... Tsss tssss... Shame on me.

3.12.08

Este país... ainda vai ser um país do Caralho!

Simplesmente genial... Quando li pela primeira vez fiquei chocada. Primeiro pela quantidade de asneirada que li, depois porque, de facto, tudo bate certinho... Uma leitura divinal, ou não. Mas minimamente (in)decente para deixar qualquer um cativado.

"O nível de stress de uma pessoa é inversamente proporcional à quantidade de "foda-se!" que ela diz. Existe algo mais libertário do que o conceito do "foda-se!"? (...) Reorganiza as coisas. Liberta-me.
"Não quer sair comigo?! - então, foda-se!" (...)
O direito ao "foda-se!" deveria estar assegurado na Constituição.

Os palavrões não nasceram por acaso. São recursos extremamente válidos e criativos para dotar o nosso vocabulário de expressões que traduzem com a maior fidelidade os nossos mais fortes e genuínos sentimentos. É o povo a fazer a sua língua. Como o Latim Vulgar, será esse Português Vulgar que vingará plenamente um dia.

"Comó caralho", por exemplo. Que expressão traduz melhor a ideia de muita quantidade que "comó caralho"? "Comó caralho" tende para o infinito, é quase uma expressão matemática.
A Via Láctea tem estrelas comó caralho! O Sol está quente comó caralho!

No género do "comó caralho", mas expressando a mais absoluta negação, está o famoso "nem que te fodas!". Nem o "Não, não e não!" e tão pouco o nada eficaz e já sem nenhuma credibilidade "Não, nem pensar!" o substituem. O "nem que te fodas!" liquida o assunto. (...)
Aquele filho pintelho de 17 anos atormenta-te pedindo o carro? Solta logo um definitivo: "Huguinho, presta atenção, filho querido, nem que te fodas!". (...)

Há outros palavrões igualmente clássicos. Pense na sonoridade de um "Puta que pariu!", ou o seu correlativo "Pu-ta-que-o-pa-riu!", falado assim, cadenciadamente, sílaba por sílaba.

E o que dizer do nosso famoso "vai levar no cu!"? E a sua maravilhosa e reforçadora derivação "vai levar no olho do cu!"? Já imaginaste o bem que alguém faz a si próprio e aos seus quando, passado o limite do suportável, se dirige ao canalha de seu interlocutor e solta: "Chega! Vai levar no olho do cu!"? (...)

E seria tremendamente injusto não registar aqui a expressão de maior poder de definição do Português Vulgar: "Fodeu-se!". E a sua derivação, mais avassaladora ainda: "Já se fodeu!".
Conheces definição mais exacta, pungente e arrasadora para uma situação que atingiu o grau máximo imaginável de ameaçadora complicação? (...) Algo assim como quando estás a sem documentos do carro e ouves uma sirene de polícia atrás de ti a mandar-te parar. O que dizes? "Já me fodi!"

Ou quando te apercebes que és de um país em que quase nada funciona, o desemprego não baixa, os impostos são altos, a saúde, a educação e … a justiça são de baixa qualidade, os empresários são de pouca qualidade e procuram o lucro fácil e em pouco tempo, as reformas têm que baixar, o tempo para a desejada reforma tem que aumentar … tu pensas “Já me fodi!”

Este país … ainda vai ser “um país do caralho!”
Atente no que lhe digo!"

Millôr Fernandes (adaptado)

1.12.08

Quando se vê um jogo do Benfica cá em casa:


"Carago pá. Não sabem fazer passes como deve ser! Outra vez, pá. Já me estou a passar. Porra. Ai, hummpff.... Outra vez! Isto é que tá aqui uma coisa, ein? Porra pá. Epah, cambada de coxos a jogar! Mais um passe de merda. És sempre o mesmo, carago! Porra! Carago, pá! Ai mãe. Outra vez? Outra vez? Hás-de me dizer onde é que aprendeste a chutar uma bola, ó coxo." .....


and so on, and so on...

Letras que encaixam neste momento # 6

"(...) hold your breath because tonight will be the night
that I will fall for you over again.
Don't make me change my mind
or I won't live to see another day,
I swear it's true (...)
You're impossible to find (...)"

(Secondhand Serenade, Fall for you)