14.1.10

Episódios deveras (not) interessantes

Ora então uma semana atribulada. Ou pelo menos dois dias seguidos.
Cá eu tenho uma tendência inata para os carabineiros (GNR) se cruzarem no meu caminho vezes de mais. Ou eu no deles:

- Há cerca de dois meses, um GNR ia-me caçando a carta (com toda a razão!!) por ter passado um traço contínuo. Deixou-me sair impune. E não paguei cafés ou jantares nem fiz olhinhos ou merdas que acusam as mulheres de fazer.
Mesmo não querendo, fiquei com boa impressão. Até.....

- Este sábado, conheço o oposto: sacrifiquei o meu sábado (como pessoa phopha que sou) para fazer tratamentos. No fim, quando me aproximo do meu Dom Pedro sinto uma facada no coração quando o vejo riscado e amolgado. GNR no local. Duas horas de merda a tirar medidas, fazer declarações, e apanhei logo um GNR do tipo: bláblá-não-me-apetece-fazer-nada-porque até-nem-tenho-nada-a-haver-com-isto-mas-agora-que-chegou-o-teu-pai-que-por-acaso-até-conheço-e-é-um-homem-porreiro-já-vou-deixar-de-te-fazer-a-vida-negra-e-até-vou-tratar-das-coisas-como-deve-ser.

- Chego aos bombeiros. Um atropelamento. Visto a bata. INEM a fundo. Tenho a sorte de ver o mesmo GNR no local a olhar com olhos de ainda-agora-estavas-a-querer-esquartejar-me-e-agora-estás-aqui-a-tentar-acalmar-alguém-que-está-quase-desmembrado?! Fá fá

- No dia seguinte, no jogo dos meus miúdos. E as coincidências começam a enrugar-me o pâncreas e a retorcer-me o fígado quando vejo o mesmozinho GNR.
Há coisas que se fossem sempre assim me faziam muito feliz. Porque é que não me calha o euromilhões.? E três vezes seguidas? HUm? HUm?

1 comentário:

Filipe Polido (YaBa) disse...

Era o mesmo!?
É que... they're all alike :|
Fardinha, livrinho das facturas debaixo do braço, etc... mas perseguir os mauzões tá keto.
Ter o carro "entalado" entre dois, mandar vir esses senhores a ver se rebocam um deles, e o gajo ter a p*ta da lata de dizer:
"ahhh... faça a manobra."
E um gajo fica assim com cara de estúpido sem saber se lhe manda umas caralhadas ou se engole o sapo.
Até porque um dos veículos tava a impedir passagem e pisava a passadeira, mas ok... ele lá entende do serviço dele.
Giro, giro... é vê-los a entrar numa certa papelaria, ler o jornal nas suas calmas, e mais uma revista ou outra, até a chuva acalmar e depois sair sem um obrigado nem ter pago nada...
E ao ver estas cenas, vem uma nostalgia do passado e recordo-me que aqueles "gandulos" que andavam no liceu e faziam a vida negra aos putos, hoje são os Srºs GNR

Coincidências??!?!?!... lol