28.6.11

POis é. Mês e meio sem vida social, sem bailaricos e saídas à noite, sem actualizar o blog, sem descanso ou noites bem dormidas, sem saber o que é uma noite bem curtida. Tudo para chegar a dois dias do prazo de entrega do trabalho e a prof me dizer que não tenho o estudo de caso bem, bem como ela quer. Fica para setembro... ~.^

13.6.11

Acabadinha de nascer há 25 anos atrás....

Parabéns a mim, parabéns a mim, parabéns a miiiiim........ parabéns a mim!
Agora vou voltar à tese -.-´

10.6.11

Não há muito a actualizar.
Continuo com as antenas enfiadas nos livros, artigos, computador, dossiers, and so on. É nestas alturas em que o cagueiro aperta que nos arrependemos redondamente de nos meter-os em merdas destas.
Hoje foi o primeiro dia de férias a ver se a coisa fica mais ou menos encarrilhada (vamos a ver!) . Agora isto é só de convites para jantaradas e festas e aniversários e merdas. Se não vou, fico em casa a cortar os pulsos. Se vou, tenho a cabeça em casa.
E é assim a minha vidinha. Alguém com inveja?!

4.6.11

As noitadas continuam

...e sinceramente não está nada fácil.
As coisas estão a apertar. Falta-me a análise estatística dos jogadores, a caracterização da instituição, algumas fichas clínicas e acabar a tese (já transpiro pubalgia por todos os poros).
E o que me faz mais falta é ele.
Nas primeiras semanas andou por aqui, inseria-me dados no computador, procurava-me alguma teoria, ajudava-me nas pintelhices (que são sempre precisas). Massajava-me os pés. Dava-me apoio moral.
Agora abriu a época dos fogos e lá está ele, de prevenção. Afastado de mim para não me chatear ou interromper o raciocínio.
Faz-me falta. Nem que seja para isso.