15.2.13

Bem, eu disse que nao era exigente com os mimos. Mas também me lembro de ter dito que não era uma mulher perfeita.
Chegou-me a casa com um ramo de flores. Adoro. Mas caramba, há 15 dias ofereceu-me um ramo de flores igualzinho (só mudou mesmo a cor) por termos feito anos de namoro.
O problema é só a consciência que se me começa a dar problemas. Aparece-me a quaseEu anjinho a coçar-me ao ouvido "Ah e tal, ao menos lembrou-se e trouxe-te um mimo e tal, há muitos que nem se lembram!" ou "ao menos não se rendeu às piroseiras típicas"... Mas do outro lado aparece a QuaseEu diabinha a rebentar-me com os nervos "Ah e tal, era escusado o conformismo típico de usar o ramo de flores só para não ter de se preocupar em procurar qualquer coisa".
Lá está, eu não disse que era perfeita.
Pronto era só o desabafo.
(Mas lá está, o ramo é lindo!)

1 comentário:

S* disse...

Sem duvida que foi um mimo bom.