31.5.14

Passar um fim-de-semana sozinha é dose

Ainda por cima um em que (dizem!) vai estar bom tempo.
Ainda por cima depois de uma semana em que o marido chegava a casa às 20:30.
Isto ainda é pior do que quando estava a trabalhar... Sinto o corpo partido todos os dias, já não consigo acordar e sentir que descansei a sério.
Quem disse que ser mãe era fácil enganou-me bem.

29.5.14

Parabéns a nós

que somos tantos por este país fora...

27.5.14

A piquena E. a testar a minha paciência desde que nasceu #1

A phophinha da minha filhota tem sido assim para cima de extraordinária. Só um exemplo muito simples (não vale a pena denegrir MUITO a imagem da catraia):

como lhe tem dado para se cagar até ao pescoço, lá vai mais uma banhoca para limpar os restos mortais da merdoca que são difíceis de sair da pele sensível da criatura. Tudo bem, é sempre o pai a dar o banho (há tarefas que não podem deixar de fazer ou entram em comodismo completo) mas lá me desenrasquei (melhor, desamerdei) numa espécie de banho checo à criatura. E toalha e passar o creme e vestir novo body e vai daí, aproveita o próprio do colo da mãezinha - que tanto se esforçou para deixar a criatura cheirosa e minimamente asseada - e bolsa o seu conteúdo gástrico em jacto merecedor de concorrência do Exorcista. Afeta body, camisolas da mãe e chão.

A piquena E. a testar a paciência de sua mãe desde que nasceu.

Uma pessoa percebe que está a ficar doida...

... quando está a passar a ferro e se lembra (tipo um flasback*) que não pôs o detergente na máquina antes de a pôr a lavar.

* flasback ou então foi do vapor do ferro de engomar que quando entranhou na roupa me devolveu o cheiro da roupa que devia ter sido lavada.
** uma pessoa anda doida porque se esquece de pôr detergente na máquina mas consegue lembrar-se perfeitamente que não o fez -.-´

22.5.14

Estou a ficar deprimida

E não, não é pelo tempo.
Aliás, é. Mas o outro tempo.
Por já ter passado metade da minha licença de maternidade.

Olho para trás e parece que não estive tempo nenhum em casa, a usufruir dela. Agora é que ela começa a palrar como se não houvesse amanhã, a rir sozinha, a brincar com os brinqueditos dela. 
Rezo para que a restante metade da licença passe mais devagar para usufruir em pleno até de cada bufa que der!

21.5.14

20.5.14

Nunca mais vem o verão para ficar

Que eu até gosto de uma chuvinha num dia de verão? Gosto sim, senhora. O cheiro a terra molhada, o ar um pouco mais fresco a acalmar um pouco o verão. 
Que eu gosto de chuva depois do início do que poderia ser uma bela continuação de semana de verão? Não gosto não, senhores! Ainda nem se pôde vestir coisinhas leves-à-verâo, ainda nem se pôde usufruir de um diazinho de praia ou de uma caracolada na esplanada, ainda nem se pôde dizer que está aberta oficialmente a época balnear (ou veranil) e já chove a potes como se ainda não tivesse chovido nada este ano. 
Ora porra pró verão. De ameaças anda o inferno cheio... 

19.5.14

E a Mana já vai aviada...


11.5.14

A conchita dos tempos antigos Vs tempos modernos



Já eramos um país visionário, é o que era!

* prá próxima mandem o Castelo Branco que a coisa tá ganha!

Uma das melhores coisas

A parte final do corneto.


9.5.14

Filhos: o melhor contraceptivo

"Qué, esta mulher é doida" (pensam vocês). Mas eu venho já refutar com fortes argumentos:

1. Chega-se às 19h e lembro-me que ainda não lavei os dentes. Ou tomei banho;

2. Quando o marido chega a casa ou tenho cocó na roupa (cocó dela, não meu, apesar de achar que já estive mais longe de me tornar incontinente também) ou tenho uma criança sanguessuga agarrada às mamas;

3. As olheiras tornam-se pseudo-permanentes  (rezo para que fiquem apenas pseudo e não totalmente permanentes);

4. Quando o marido chega a casa pergunta "como correu o dia" ou "como é que a piquena se portou", consigo balbuciar uma frase que para mim faz todo o sentido, mas pela cara dele não, e que envolve entre 3 a 8 asneiras (dependendo de como correu o dia - menos mal ou mal a sério).

5.5.14

O Shampoo do Chicco


Cá em casa quando o pai diz "Vamos tomar banho com o Shampoo do Chicco?" até se bate palminhas.
Este shampoo é assim só para cima de espetacular de tão bem que cheira.
Depois de me passar pela cabeça emborcar a embalagem pelo goto abaixo, passa-me também pela ideia comprar um carregamento disto para usar para mim.  Porque é que os shampoos de adulto não cheiram assim?!
Se já me apetecia esborrachar e trincar a minha piquena E.,depois do banho o sentimento/apetite ainda é maior! Nhamyyy

Prova não superada

A piquena ainda vai fazer 2 meses, o que faz quase 2 meses sem dar descanso aos pais. Dia e Noite.
Ontem, apesar de ser dia da mãe, a piquena teve de ficar com a avó para a mãe e o pai darem uma volta e espairecerem a cabeça (pelo menos eu, porque a probabilidade da minha cabeça rebentar na próxima semana era altamente elevada).
A prova não foi superada.
Andei como uma barata tonta, no meio do LeiriaShopping, a armar-me em polícia da vistoria-de-artigos : eu sem ver nada de especial e a apressar o pai porque estava a demorar muito tempo a ver o que quer que fosse.
Daí a uma horita liga a avó "A miúda não se cala, tá farta de chorar e não quer biberão". Nunca o caminho LeiriaShopping-casa-da-avó me pareceu tão longo! Nunca o sentimento de culpa por andar a lourear a pevide no Shopping foi tão grande.

Não, não, ainda é muito cedo. Se houver próxima fico a um raio de 5 Km de casa da avó. 2, vá

2.5.14

Ohhhhhhhhhhhhhhh*

* suspiro em modo "quero tantoooooooo"