31.12.14

Strange habits

O dia 31 de dezembro é sempre o dia em que tenho de ter tudo como eu quero. Tenho. Porque no meu mais íntimo pensamento, o que quer que aconteça hoje repercute-se pelo ano inteiro. Não,  não é bem repercutir.  Melhor, gosto de entrar no novo ano com tudo direitinho como se eu fosse um menina certinha (-.-'). E não,  não tem  nada a haver com atitudes (o que torna este hábito mesmo, mesmo estúpido, e acho que se continuar a falar sobre isso não melhora).
Hoje é o dia em que não posso continuar a ter roupa para lavar. Literalmente. Ponho a roupa toda a lavar. É o único dia em que faço a cama só porque sim (não é porque vem gente a casa e pode achar que sou messy, é mesmo porque é dia 31 de dezembro). Não posso ter louça para lavar. Aspiro porque não posso ter o chão com uma migalha. Basicamente faço o máximo de limpeza que conseguir. Tenho de ter sempre a depilação feita. E as unhas arranjadas. E o cabelo esticado. Não posso ter nada para me apontarem.
Amanhã posso. Hoje não.

1 comentário:

ML disse...

Acreditas que sou um bocadinho assim? E quando saio para jantar dia 31 a casa tem de ficar impecável. As portas fechadas, as almofadas do sofá impecavelmente posicionadas... :)

Manias!