12.9.15

Reflexão do dia

Acordar ao som da bezerra a tocar para fogo é assim um sobressalto tipo sentir o fígado comprimir-se ao mesmo tempo que os intestinos chegam aos pulmões. Ah e com um pequeno AVC à mistura. 

Sem comentários: