30.4.16

Há coisas que o dinheiro não paga

Por exemplo, tempo.
Não tenho fim-de-semana (leia-se descansada a fazer o que eu quero) há um mês e parece que estou prestes a explodir. Junta-se a isso, noites nos bombeiros (com serviços a meio da noite, para ajudar), a piquena E super-carente que não deixa a mãe andar 100 metros sem pedir colo, domicílios extra e o meu J. pouco tempo em casa. Mais uma semana assim e corto os pulsos com a loucura.

Neste momento estou no Porto na minha superformação (interrompi um estudo intensivo do joelho só para vir aqui pôr esta relíquia)

1 comentário:

ML disse...

Sei bem do que falas... eu pagava para ter tempo! Tudo de bom para aí! Força!